Proposta De Lei Quer Facilitar Transporte De Pranchas

Proposta De Lei Quer Facilitar Transporte De Pranchas

Preocupada com os abusos cometidos por algumas empresas de transporte, principalmente no setor aéreo, A Comissão dos Direitos do Surfe, se reuniu na última semana para fundamentar um Projeto de Lei Federal que visa isentar os surfistas do pagamento de tarifas nas pranchas em qualquer meio de transporte do país.

Com grandes chances do Brasil ser medalhista e com a presença do esporte nas próximas olimpíadas, em 2020, tendo em vista que o treinamento destes atletas dependem de ondas de qualidade, onde muitas vezes estão em outros estados e até mesmo fora do País, é muito importante que seus equipamentos sejam vistos como bagagens especiais isentas de taxas na hora de embarcar“, fundamenta o presidente da Comissão, o advogado e ex-surfista profissional Daniks Fischer.

A proposta do projeto de Lei criado pela Comissão sinaliza a isenção de até de dois volumes, pranchas – para surfistas de alto rendimento – profissionais – que não ultrapassem 23 kg e um volume para os freesurfers. O Projeto também propõe que para os atletas profissionais terem direito ao benefício, eles terão que estar devidamente cadastrados na entidade do surfe de algum município.

Recentemente, Teco Padaratz, passou por uma situação na qual teve a cobrança dobrada ao despachar suas pranchas por uma companhia aérea. “Tive um imprevisto numa viagem do Rio para Florianópolis. Paguei minhas bagagens pelo site como sempre faço. A Primeira custou R$ 50,00 e a segunda R$ 80,00. Depois disso, quando cheguei no despacho de bagagens, fui alertado que a minha prancha custaria mais R$ 110,00, por ser prancha de surf”, desabafa Teco.

Sobre o projeto de lei, Teco Padaratz destaca a importância da organização e união da classe. “Reclamar é válido, porém, não resolve o problema, e acredito que somente através do bloco unido, conseguiremos avançar. Criando não só regulamentos mas, também sugestões de transporte de pranchas para que melhore a questão das taxas, e também do cuidado com nosso equipamento“, finaliza.

Encontre tudo para sua trip aqui na Surf Alive

Compartilhar: