Faça natação e surfe mais

Faça natação e surfe mais

Quando o assunto é preparar o físico para o surf parece não haver melhor alternativa do que a natação. Mas não se preocupe, pois vai valer o esforço.

Hoje em dia parece que a maioria dos surfistas treina fora de água para poder estar mais bem preparado quando for surfar. É, sem qualquer dúvida, uma boa atitude porque o surf exige do físico e qualquer surfista deveria treinar para praticar o esporte. Para se perceber esta necessidade basta pensar nas dificuldades sentidas na primeira dezena de ondas surfadas após uma longa ausência, principalmente na remada que acaba sendo feita sem técnica e revela de imediato a falta de resistência física. No entanto, com tantas possibilidades para trabalhar o físico, desde o Crossfit até laboratórios de treino com alta tecnologia específicos para surf, encontrar uma rotina para manter o pico da forma física pode tornar-se bem complicado.

A NATAÇÃO COMO MELHOR FORMA DE MELHORAR A PERFORMANCE NO SURF

Para ajudar nesta questão resolvemos trazer à superfície um programa de treino lançado há algum tempo num artigo escrito por Nick Carroll, um dos mais respeitados autores e jornalistas de surf do Mundo que foi 2 vezes campeão da Austrália em surf. Este programa sugere como treino original para surf: NATAÇÃO! Nessa altura já devem estar pensando nas voltas e mais voltas que vão ter que dar na piscina. Mas apesar das muitas e ótimas opções de treino que existem atualmente, parece ainda não haver substituto ideal para simular o esforço feito numa seção de surf, que sejam utilizados os mesmos grupos musculares necessários para a remada numa prancha. Nadar é o que mais se aproxima. Se já está convencido, ou pelo menos curioso em relação a este método, experimente o que Carroll sugere:

“Primeiro o equipamento: pegue um bom par de óculos de natação, uns calções apropriados para natação e vai até à piscina mais próxima!

Agora, experimente este simples exercício de natação:

A Sessão de Treino de Natação de 1500 Metros de Surf (4 a 5 vezes por semana, todos feitos em nível livre, exceto onde indicado) :


1. Salta e nada 400 metros, confortável e suavemente, não muito rápido nem muito lento. Isto é para aquecer e soltar o corpo. 
2. Descansa um pouco, apenas alguns minutos. Deixa a frequência cardíaca regressar para próximo do batimento normal. 
3. Faz séries de sprints curtos e rápidos. Como muito provavelmente estará nadando numa piscina de 25 metros, então faz o seguinte: 8 x 25m, cada sprint quase tão rápido quanto possível, com um intervalo de 20 segundos de descanso entre cada 25m. (Ou começa cada 25m exatamente 40 segundos depois de teres começado o anterior, ou seja, sprint de 40 em 40 segundos. Este intervalo é para cumprir com honestidade!) 
4. Descanse um pouco. Estas séries de curtos sprints já deveriam ter te deixado mais alongado e com calor percorrendo as ideias e o corpo.
5. Agora, uma série para resistência e força. 5 x 100m, suave e forte, com um intervalo de 30 segundos entre cada 100m. (Ou sair sempre a cada 2 minutos.) 
6. Descanse agora mais um pouco. Isto já deveria ter deixado os teus pulmões abertos e colocado algumas endorfinas em movimento. E também provocado uma ligeira e saudável sensação de formigamento pelo corpo, etc. 
7. Agora, uma série de potência para terminar.  6 x 50m, com um intervalo de 20 segundos entre cada um. (Ou sair de 50 em 50 segundos.) 
8. Faça agora um lento retorno à calma de 100m, nada muito suavemente, 25m livre, 25m nado de costas, 25m nado de bruços e 25m livre para terminar o esforço. 
9. Beba água (não só no fim como durante o treino).

A maioria dos surfistas vai sentir alguns músculos “estranhos” a contrairem-se após algumas destas sessões, mas não será assim tão mau, pelo menos, não tão mau como seria se não tivesse havido nenhum tipo de trabalho na parte superior do corpo.

5 SEMANAS DEPOIS DE COMEÇAR O TREINO DE NATAÇÃO: (Depois de quatro ou cinco semanas neste ritmo, vais estar pronto para uns ligeiros ajustes. Experimente alternar o treino anterior com este):

Sessão de 2500 metros para ondas de 1,5 a 2,5 metros:


1. 
Entre para um aquecimento de 400 metros (igual ao da sessão anterior). 
2. Descanse mais ou menos um minuto, depois segue em frente: 
3. Reforço sério: 10 x 50m, primeiros 5 com saída em intervalos de 2 minutos, segundos 5 com saída em intervalos de 1 minuto e 50 segundos. (Não desista na oitava série!) 
4. Descanse por alguns minutos e depois: 10 x 50m, primeiros 5 com saída de 1 em 1 minuto, segundos 5 de 45 em 45 segundos. 
5. Descanse mais ou menos um minuto e continue: 8 x 25m SUBAQUÁTICO, com partida a cada 1 minuto.
6. 6 × 50m, 25m livre, 25m outro estilo – costas, bruços, borboleta. A escolha do outro estilo é tua (se conseguir, tenta fazer duas vezes cada um dos estilos, eu sei que borboleta é um verdadeiro desafio.) Faça as saídas para cada 50m em 1 minuto e 15 segundos. 
7. Descanse durante alguns minutos, depois nade os 600m que faltam sem parar, mas fazendo 25m de costas a cada 75m de estilo livre. Desacelere nos últimos 100m, até ao ritmo de aquecimento.

Continue a beber bastante água, nos dias antes e depois destas sessões, para te libertar das toxinas criadas durante o exercício e assim manteres os teus músculos soltos e descontraídos. Se não fizer isto, vai prejudicar os rins e o fígado e a tua recuperação será mais lenta.

O que acaba por poupar em mensalidades de academia você pode gastar numa boa massagem de vez em quando ou então numa prancha nova.

Qualquer boa piscina municipal terá grupos de natação ou programas aos quais você pode juntar para treinar em grupo. O treino de natação torna-se muito mais fácil quando é feito com companhia.

Boa sorte!

Para mais informação sobre o que pode fazer para melhorar a remada deixamos-te aqui um vídeo com 3 dicas:

Tudo que você precisa para o seu surf você encontra aqui na Surf Alive!

Compartilhar: