BICO BRANCO

BICO BRANCO

por Henrique Knevitz

A crise assombra o mundo do surf nestes últimos anos. Vários atletas ao redor do planeta estão sem patrocínio e com o tsunami chamado Coronavírus, a situação ficou ainda pior. Além da falta de apoio, os campeonatos estão parados.

Pensando nisso, alguns atletas brasileiros integrantes do CT, tomaram a iniciativa de ajudar essa galera, promovendo um campeonato online chamado de Bico Branco.

Os surfistas brasileiros que atualmente não têm patrocínio foram convidados a enviarem vídeos de suas ondas para a conta @bicobranco no Instagram. Segundo o campeão mundial de 2015, Adriano de Souza, o número de inscrições superou todas as expectativas e deu um “susto” nos organizadores, chegando a mais de 100 (um reflexo da quantidade de atletas que não contam com apoio nessa fase de suas carreiras). Por outro lado, quem pode acompanhar o Bico Branco até o momento, viu que o nível de surf está muito alto. Um show de tubos, batidas, rasgadas e aéreos! E o mais legal disso é que podemos brincar de juiz, avaliando diariamente as melhores ondas de cada bateria. O quadro de juízes é formado por quatro atletas e pelo público, que no geral tem peso um na disputa.

Parabéns a todos inscritos e pelos responsáveis por essa iniciativa… Adriano de Souza, Yago Dora, Leandro Dora, Miguel Pupo, Filipe Toledo e Peterson Crisanto.

Você pode acompanhar todas as baterias diariamente através do @bicobranco. A votação é feita pelo sistema de Quiz do Stories e no próprio perfil pode-se ter acesso a todo esquema de disputas, bem como as baterias que já rolaram nos dias anteriores.

Aloha!

Compartilhar: